Avançar para o conteúdo
Início » Blog » Afinal, quando se deve começar a usar suplementos?

Afinal, quando se deve começar a usar suplementos?

  • por

Afinal, quando se deve começar a usar suplementos? Embora sejam de fácil acesso, os suplementos podem ser nocivos à saúde se ingeridos inadequadamente

É bastante comum ver nas academias, pessoas tomando suplementos líquidos ou em comprimidos. E isso, gera bastante dúvida entre aqueles que estão iniciando alguma atividade física: quando deve começar a usar suplementos e se deve começar?

A questão é que os suplementos não são milagrosos, por isso, primeiramente é preciso entender que alimentação balanceada e exercícios regulares já são capazes de mudar a composição corporal.

E antes de saber se é o momento ou não de usar um suplemento alimentar, é preciso entender o que eles são.

Por dentro dos suplementos

Suplementos alimentares não podem substituir refeições. Eles são nutrientes isolados ou em associações que existem para otimizar os treinos, cada suplemento tem uma finalidade específica.

Eles podem concentrar substâncias como gorduras, proteínas completas ou em forma de aminoácidos isolados, carboidratos, minerais, vitaminas, entre outros.

Usados há muitos anos, os suplementos datam da antiga Grécia, quando os esportistas ingeriam concentrações superiores de algumas substâncias para ganhar massa e aumentarem seus desempenhos nas competições.

Por isso, é importante ter em mente que a suplementação alimentar nada mais é do que a  utilização de um produto, complementado a quantidade certa de alimento que seu organismo necessita para desempenhar melhor determinadas ações, como construir músculos, otimizar o processo de emagrecimento, melhorar a performance durante um treino, entre outros.

E quando usar suplementos?

Apesar de serem produtos de fácil acesso, os suplementos não são tão inofensivos quanto parecem. Pessoas com históricos de doenças como diabetes e cálculo renal, é mais do que necessário buscar orientação profissional, pois em alguns casos eles podem ser nocivos à saúde.

Além disso, cada organismo é único e por isso, suas particularidades precisam ser consideradas na prescrição de qualquer suplemento. Tipos de atividades, intensidade e problemas de saúde, dieta diária, são alguns dos fatores que também são avaliados.  

Também é muito importante saber há quanto tempo a pessoa já pratica atividade física e em quais horários elas são realizadas. Dessa forma, tanto a dose quanto o horário de ingestão são indicados de maneira personalizada.

Não existe idade certa para começar a ingerir suplementos alimentares, e nem necessidade de uso em todos os casos, porém a recomendação nutricional é que o consumo comece somente após uma boa avaliação de exames, da dieta, da rotina, do sono e do treino. Este período de inclusão da suplementação e alterações dos hábitos diários é essencial para que o corpo se adapte aos treinamentos e estímulos, gerando assim uma maior consciência corporal do esportista ou atleta.

Fonte: Atual Nutrição

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.